Viver

O processo é sempre o mesmo e resume-se nisto: quem não consegue viver de acordo com a sua forma de pensar corre o risco de que o seu pensamento dê uma volta e se adapte à sua nova forma de viver...
(Paulo Geraldo)

Eu

Eu
Eu decidi há muito tempo nunca andar na sombra de alguém Se eu falhei, se eu fui bem sucedida, pelo menos eu vivi como eu acreditei. Não importa o que levem de mim, eles não podem tirar minha dignidade - Whitney Houston - Greatest Love Of All
Hoje eu saí de casa tão feliz, que nem me lembrei que em algumas horas a tristeza bate, me sacode e me faz sentir dores que eu não imaginava que continuavam ali.

Caio Fernando Abreu

Seguidores

domingo, 4 de novembro de 2012

A carne e o sangue

" Talvez não haja, no âmbito das relações pessoais, conflitos tão pungentes e reveladores da natureza humana como os provocados pelo adultério"
- A carne e o sangue -



"Ao contrário do que pensava a corte, D. Pedro sofria por Domitila do sentimento paradoxal que é o amor. Disposição pouco sentimental que, e ao contrário do mito, é efémera, absolutista e autoritária. Amava-a de amor autenticamente selvagem, sem reconhecer limites, nem regras do direito, da moral e da religião. Amor que era espaço de licença, não de liberdade. E por obrigar-se a substituir o amor de devoção pelo amor de matrimônio, sofria. " Filha, quanto ás saudades e tudo quanto há que os amantes verdadeiros como nós sentem, eu sinto (...) Ah, filha, que fazer, como remediar nossos tormentos eu não sei. E desgraçadamente o remédio é sofrer.Paciência!" " 
- A carne e o sangue -
 






Me pergunto se D. Pedro tivesse optado pela carne ao invés do sangue que rumo a história teria e se teria sido mais feliz...
A verdade e que mesmo apos tantos anos e indiferente de quem seja a mesma decisão é tomada por muitos todos os dias...A carne ou o sangue? A moral ou os desejos? O poder ou o amor? Quantos de nós ainda optamos pela responsabilidade, pelo poder pelo comodismo ou pelo dinheiro ao invés do amor, do desejo e da paixão?
(SolBarreto)

Mulher de muitos tons

Sou uma mulher de muitos tons....
Muitos desejos, muitos mistérios,
Muitos amores, muitas tristezas,
Muitos sabores, muitos aromas.
Tudo isso me compõe ...
E me faz ser quem sou!
(SolBarreto)


sábado, 3 de novembro de 2012

Fale com ela


O filme conta duas historias em paralelo e que acabam se cruzando à medida que o tempo vai passando.
Uma das personagens e Lydia, uma toureira, uma mulher forte e decidida, mas com uma carência de amor e proteção tão grande quanto a sua coragem nas touradas. Ela esta em uma fase conturbada de sua vida, a separação do homem que ama esta abalando o seu mundo e é bem nesse momento que conhece Marco um repórter de viagens, (que vive amargurado com seus dilemas) que quer entrevista-la.
Lydia então se agarra a esse homem que parece carinhoso, protetor e solitário. Mas sua natureza forte ainda quer lutar por seu amor e ela se encontra divida entre os dois, talvez por estar com a mente sobrecarregada com tantas emoções e situações ou se por um acaso do destino, ela sofre um acidente em plena tourada e ai que sua historia se cruzam com a de Alicia (a outra personagem) uma jovem bailarina, que conheceu por acaso um rapaz... e que também sofreu um acidente.
Por estarem na mesma situação (ambas em coma) acabam ficando na mesma clinica. Lá Marco passa a viver seus dias e noites, na esperança que um dia Lydia volte à vida. Nesse local ele conhece um jovem enfermeiro, dedicado, atencioso e que acredita que pacientes em coma vivem, ouvem e entendem o que acontece ao seu redor.
Ele então percebe uma atenção e dedicação maior de Benigno por uma paciente da qual ele cuida exclusivamente, observa que ele conversa com a paciente todo o tempo, que a toca, que conta coisas do seu dia a dia, das pessoas ao sei redor e do que faz em seus momentos de folga. Os dois acabam se tornando grandes amigos e Marco então lhe conta da dificuldade que tem de se comunicar, se aproximar de Lydia, Benigno então sugere que ele fale com ela, que tente se comunicar de todas as formas possíveis, pois a mente é ainda um campo a ser totalmente descoberto, ainda é cheio de mistérios e surpresas. Em especial a mente das mulheres.
Quanto mais Marco tem contato com Benigno, mais e mais Marco vai se abrindo e com isso vendo as coisas e forma diferente, passa a prestar atenção a detalhes que antes lhe passavam desapercebidos como olhares, gestos, frases não transformadas em palavras, mas ditas em silencio com o próprio corpo. Percebe então que algo esta diferente quando encontra o antigo amor de Lydia no quarto dela e então ele conta o que Lydia não teve tempo de lhe contar no dia do acidente, ele então se lembra o que ela estava tentando dizendo no silencio das palavras, nas atitudes, no olhar...
No decorrer dos dias Marco se da conta do intenso amor de Benigno por Alicia e no que isso pode acarretar. Afinal, Benigno já amava a sua paciente antes do acidente e com ela aos seus cuidados o amor cresceu de uma forma incontrolável beirando a loucura. Marcos por fim decide voltar continuar sua vida ao perceber que sua presença ali já não faz mais sentido, mas se preocupa com Benigno e tenta aconselhá-lo a não fazer nenhuma bobagem ou loucura.
Um dia longe dali, vê no jornal a noticia da morte de Lydia, entra então em contato com a clinica para falar com Benigno e obter mais informações e descobre que aquilo que mais temia, já havia acontecido.
O amor sem controle de Benigno por Alicia havia chegado ao seu cume, à loucura total, ao amor desesperado e ensandecido!
E um filme forte, denso, com sentimentos conflitantes, situações levadas ao extremo por esse motivo, com personagens com dificuldades de comunicação cada um a sua maneira e por motivos internos e externos. Mas fica bem claro ao final que pelo menos um deles conseguiu abrir a mente para o que era importante e ele nunca havia se dado conta: A importância de se comunicar com as pessoas, a importância de se falar a verdade, a importância de se dizer o que sente as pessoas quando temos oportunidade, a importância de perceber o que as pessoas dizem mesmo quando não falam. 


OBS 1: Um trabalhinho da faculdade rsrs
OBS 2: O filme tem muito mais alem do sitado aqui, é bem ambíguo e cabe varias interpretações como todos os filmes de Almodóvar ao meu ver, mas o foco no trabalho (resumo) era a comunicação então sugiro que não levem ao pé da letra. - SolBarreto

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Nokia Asha 303 - Indignaçao!

Normalmente não faço esse tipo de postagem mas fiquei tão indignada e irritada que resolvi postar!

Comprei um celular da Nokia Asha 303 em 08/06/2012 pelo site do Submarino,agora em outubro o aparelho simplesmente parou de funcionar, liguei então na Nokia solicitando um endereço da autorizada mais próximo da minha residência.
Levei o aparelho na autorizada indicada pela empresa, me entregaram um protocolo onde haviam observações informando o estado do aparelho na entrega para analise, no dia seguinte recebi uma ligação me pedido para ir retirar o celular. Me informaram que o aparelho estaria fora da garantia, porque o problema apresentado havia ocorrido por mal uso do aparelho (oxidação e entortamento da placa) e que o custo do conserto seria no valor de R$ 300,00, o que já é um absurdo porque paguei pelo aparelho o valor de R$ 399,00. Não entendi o motivo de “mal uso do aparelho” uma vez que ele não sofreu qualquer queda, ou qualquer outro tipo de problema.
Tentei entrar em contato diretamente com a Nokia questionando o resultado do atendimento da autorizada, ai sim fiquei surpresa, indignada e extremamente descontente, pois a Nokia simplesmente repetia como um mantra a frase que “o laudo do técnico era inquestionável.”(o técnico então e uma espécie de Deus onipotente e perfeito ou então um super herói com uma visão alem do alcance e que ainda consegue ver fatos passado!) pois para afirmar que houve mal uso ele deve ter como comprovar isso não é?
Indignada ainda, entrei na internet para verificar se outras pessoas já haviam passado por essa situação com a empresa em questão e descobri então que outras pessoas que compraram o mesmo aparelho, tiveram o mesmo problema (a tal oxidação) e receberam a mesma resposta da Nokia, o mantra sagrado da empresa (o laudo técnico é inquestionável).
Após o termino do atendimento fiquei me perguntando se nós os usuários, clientes, consumidores somos assim tão imbecis, incapacitados e não sabemos como se deve usar, manusear e conservar um bem que adquirimos com o nosso trabalho, com o nosso dinheiro!Porque foi exatamente assim que me pareceu na visão da dita Empresa!
Penso onde vamos chegar com esses atendimentos mecanizados, onde os atendentes simplesmente repetem um script estabelecido e não ouvem o que as pessoas dizem...
Desculpem o desabafo! Mas acima do valor material, esta o respeito com o consumidor, com a pessoa.

Abaixo o dito cujo aparelho que nao recomendo a compra a ninguem!
E que vocês podem observar que esta novo, sem riscos, arranhões ou qualquer coisa que justifique o entortamento de qualquer item dentro do aparelho.


sábado, 13 de outubro de 2012

O efeito sobra

"A sombra se esconde na vergonha, nos becos escuros, nas passagens secretas e nos sotãos fantasmagóricos de sua consciência. Ter um lado sombrio não é possuir uma falha, mas ser completo. O reino inconsciente parece tão perigoso quanto as profundezas do oceano, ambos são escuros e repletos de mostros invisíveis."


" Estamos todos vivendo com os destroços de ideais fracassadas que um dia pareceram soluções perfeitas."






sábado, 15 de setembro de 2012

Alguém que Eu costumava conhecer...




É estranho, mas mesmo com o tempo que passou, ainda vejo a mesma imagem em minha mente...
Você de paleto e gravata rosa, sorrindo para a pessoa que tira a sua foto, vejo com isso que você continua no caminho certo...e que talvez eu fosse o caminho errado...e essa é talvez a parte mais difícil pra mim...
Mas me dói a ideia de você me tratar como uma estranha, como se não me conhecesse, como se eu não existisse...Sinto sua falta!
(SolBarreto)



"Mas você não precisava me cortar
Fingir como se nada tivesse acontecido e que não éramos nada
E eu nem sequer preciso do seu amor
Mas você me trata como um estranho e isso é tão rude
Não, você não precisava se rebaixar tanto
Mandar seus amigos pegarem seus discos e depois mudar o seu número
Embora eu ache que eu não preciso disso
Agora você é apenas alguém que eu conheci
Alguém que eu conheci..."

sábado, 8 de setembro de 2012

Momentos





É nos momentos mais simples que descobrimos o prazer de viver, a paz que podemos ter, a alegria da vida... (SolBarreto)

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Tudo o que temos

A maioria de nós acredita que aquilo que guardamos, que possuimos é nosso...  
Sempre acreditei que era meu aquilo que guardava internamente comigo, sentimentos, lembranças, pensamentos...
Hoje ouvindo essa musica me dei conta que o que dei era meu...e sempre será no final das contas...
O beijo que dei será sempre o meu beijo, o amor que dediquei a alguem será sempre o meu amor...
(SolBarreto)



Pop Zen - Famiia Caymmi

Tudo que você tem
Não é seu
Tudo o que você guardar
Não lhe pertence
Nunca lhe pertencerá...
Tudo que você tem
Não é seu
Tudo que você guardar
Pertence ao tempo
Que tudo transformará...
Só é seu!
Aquilo que você dá..
Tudo aquilo que você escondeu
Tudo que não quis mostrar
Deixe que o tempo
Com tempo vai revelar...
E tudo que você não percebeu
Tudo que não quis olhar
É como o tempo
Que você deixou passar...
Só é seu!
Aquilo que você dá.
O beijo que você deu
É seu! É seu!
É seu beijo..

sábado, 1 de setembro de 2012

Um momento...

Ela disseEu nao quero que voce se desculpe, eu nao quero te desculpar, te desculpar seria o mesmo que te perdoar, te deixar entrar novamente em minha vida...Baixar a guarda... Deixar voce me magoar novamente... E isso eu jurei que nao deixaria acontecer novamente...
Ele disse - Me desculpe...mas a verdade é que eu te amo!
Silencio...
Ela disse - Eu não sei o que dizer... Durante muito tempo, isso foi tudo o que eu queria ouvir... Mas agora, eu nao sei o que sinto, algo se partiu, quebrou...e não sei como consertar... ( SolBarreto)


Sempre as mesmas desculpas...e desculpas nem sempre sao sinceras, quase nunca são...- Renato Russo 

PS: Ainda estou sem net, mas estava com uma saudade ENORME do meu cantinho, logo logo eu volto firme e forte! 

sábado, 7 de julho de 2012

Oi Pessoal

Estou mudando de residencia e por isso vou ficar um tempo sem net(esperoque seja pouco tempo) mas volto! Me aguardem.
Bj BJ SolBarreto

domingo, 24 de junho de 2012

K- PAX - O caminho da Luz


Eu quero dizer uma coisa, Mark. Uma coisa que vocês ainda não sabem. Mas, nós os K Paxianos estamos por aí há bastante tempo e, já descobrimos... o universo vai se expandir e depois vai voltar ao que era, e depois vai se expandir de novo, ele vai repetir esse processo para sempre. O que você não sabe é que quando o universo se expandir de novo, tudo será como é agora. Quaisquer que sejam os erros que você cometa agora, você vai conviver com ele em sua outra passagem; cada erro que cometer, você vai conviver de novo e de novo, para sempre. Então, o meu conselho pra você: é resolver tudo agora, porque o agora é tudo o que você tem”
– Conselho de Prouth ao Dr. Mark Power. – filme K-PAX – O caminho da luz



Acredito que esse seja o real sentido da vida, estamos aqui para aprender, para valorizar o que temos, o planeta que vivemos... Temos a chance de consertar as coisas que de alguma forma quebramos, estragamos, deterioramos, distorcemos....Sejam elas a Natureza, os Sentimentos ou nossa própria Alma.
( SolBarrreto)



domingo, 17 de junho de 2012

Roda gigante - Isabella Taviani - Show HSBC SP 16/06/2012

 

Roda Gigante - Isabella Taviani

Pena de quem desistiu, de quem olhou para trás e não se viu mais.
Pena de quem desabou, e não soube levantar, só chorou demais.
Pena que e de manha e você ainda nada enxergou, nem se lembra mais das cores do amor.
Quantas voltas tem que dar a roda gigante do seu parque, para que você se convencer que os altos e baixos fazem parte.
Essa historia que nos cabe vamos escrever antes que acabe.
Tudo em vão, tudo sem razão.
Assim teremos vento a favor, assim  teremos teto para decolar
E vamos dando as cartas do jogo sem ver, ganhar e perder, isso e viver
Pena que anoiteceu e para a lua você deu um oi, tchau
Só o chão a te atrair, te levando a sucumbir por ai, que mal!
Pena que eu não sou você e assim eu poderia te socorrer
Te fazer voltar a sorrir
Quantas teorias mais você vai criar para se sabotar em
Olhando o relógio o tempo não vai parar meu bem
Corra para distanciar esse mal não pode te alcançar não, vem sentir já e verão...
Assim teremos vento a favor, assim  teremos teto para decolar
E vamos dando as cartas do jogo sem ver, ganhar e perder, isso e viver

  OBS - Já era fã, agora ainda mais apos conferir a simpatia, o talento e carisma!


Muitas vezes na roda da vida estive ao seu lado
Nos altos e baixos estive contigo
Mas por motivos outros a roda parou
Cada um seguiu para uma roda diferente, em um parque diferente...
Hoje só restam as lembranças
Destas voltas incríveis que dei com você...
(SolBarreto)

domingo, 27 de maio de 2012

Lamento...

"Lamento dizer, mas quando a chuva passar eu devo partir
 É triste ter que deixar você por aqui
 Guardado nas palavras..."
 - Isabella Taviani -


" Guardado nas palavras que não posso dizer
  Guardado nos sentimentos que tenho que esconder...
  Então deixa a chuva cair e esconder minhas lagrimas...
  E quando a chuva passar...Ai, ai então eu vou..."
 - SolBarreto -

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Crônicas de Narnia

 
“- Por favor, Cordeiro - disse Lucia -, e este o caminho para o país de Aslam?
 - Para vocês não - respondeu o Cordeiro - Para vocês, o caminho de Aslam esta no seu próprio mundo.
 - No nosso mundo também ha uma estrada para o país de Aslam - perguntou Edmundo?
 - Em todos os mundos há um caminho para o meu país – falou o Cordeiro. E, enquanto ele falava, sua brancura de neve transformou-se em ouro quente, modificando-se também sua forma. E ali estava o próprio Aslam erguendo-se acima deles e irradiando luz de sua juba.
 - Aslam! – exclamou Lucia – Ensine para nos como poderemos entrar no seu país partindo do nosso mundo.
 - Irei ensinando pouco a pouco. Não diria se longe ou perto. Só direi que fica do lado de lá de um rio. Mas nada temam, pois sou eu o grande Construtor da Ponte. Venham, vou abrir uma porta no céu para envia- los ao mundo de vocês.
 - Por favor, Aslam – disse Lucia – antes de partirmos, pode dizer-nos quando voltaremos a Narnia? Por favor, gostaria que não demorasse...
 - Minha querida – respondeu Aslam muito docemente – você e seu irmão não voltarão mais a Narnia.
 - Aslam! – exclamaram ambos entristecidos.
 - Já são muito crescidos, tem de chegar mais perto do próprio mundo em que vivem.
 - Nosso mundo é Narnia – soluçou Lucia – Como podemos viver sem vê-lo?
- Você há de encontrar- me, querida. – disse Aslam
 - Está também em nosso mundo? – perguntou Edmundo.
- Estou. Mas tenho outro nome. Tem de aprender a conhecer-me por esse nome. Foi por isso que os levei a Narnia, para que, conhecendo-me um pouco, venham a conhecer-me melhor.”
- Trecho do Livro Crônicas de Narnia - 



Sempre gostei de contos imfantis, acredito que eles passem um pouco de realidade e verdades da vida de uma forma sutil e delicada para que as crian;as possam entender, e por esse motivo acho valido para todas as idades - SolBarreto
http://palavraspelocaminho.blogspot.com.br/2010/01/agora-fala-serio-um-chapeleiro-desses.html
http://palavraspelocaminho.blogspot.com.br/2010/01/contos-infantis-2.html
http://palavraspelocaminho.blogspot.com.br/2010/01/contos-infantis-3.html
Como podem ver e um assunto do qual gosto muito rsrs

domingo, 29 de abril de 2012

Que voy hacer con mi amor - Alejandro Fernandez-

Lhe dei as estrelas de uma só vez
Talvez fosse esse o meu erro
Ofereci cadas dia e cada noite, a alma e o coração
Mas não bastou, não foi suficiente não quis me querer
Como eu a quis

O que vou fazer com todo esse amor
Que não cabe no meu peito
E me cala os ossos
Que se afoga nesse mar de dor

Que me queima a carne
Que ferve o sangue
Que está partindo em duas minha razão
O que vou fazer sem o seu amor
O que vou fazer com meu amor

Se distanciou da minha vida de uma vez
Se foi sem me dizer adeus
Me quebrou o sorriso as ilusões, a alma e o coração
Lhe dei todo o meu amor e não foi suficiente não quis me querer
Como eu a quis

O que vou fazer com todo esse amor
Que não cabe no meu peito
E me cala os ossos
Que se afoga nesse mar de dor

Que me queima a carne
Que ferve o sangue
Que está partindo em duas minha razão

Que não cabe no meu peito
E me cala os ossos
Que se afoga nesse mar de dor

Que me queima a carne
Que ferve o sangue
Que está partindo em duas minha razão

O que vou fazer sem o seu amor
O que vou fazer com meu amor

sábado, 21 de abril de 2012

Ponto de vista

 “Temos a visão da vida na horizontal, então só vemos do nosso nível ou até onde nossos olhos podem enxergar... Mas Deus tem a visão da vertical e, portanto vê infinitamente melhor.”               -SolBarreto -
 Escolhemos um caminho baseado em nossa visão da estrada... As vezes essas estradas não nos levam exatamente onde queremos...

 

domingo, 25 de março de 2012

Dama das Camelias - La Traviata


O amor e um sentimento tao profundo, tao intenso e universal que supera tudo, pode tudo, suporta tudo!
Mesmo o mais insensível consegue senti lo presente seja em livros, palavras, gestos, na musica, na arte em geral, indiferente do idioma!
E viva o amor!!!
(SolBarreto)


Trechos do prefácio de "A dama das camélias"
"Eu acho que só podemos criar personagens depois de termos estudado muito os homens, como também só podemos falar uma língua à condição de tê-la aprendido com seriedade.
Não tendo ainda a idade em que se inventa, satisfaço-me em contar.
Firmo, portanto, com o leitor o compromisso de se convencer da veridicidade desta história na qual todas as personagens, à exceção da heroína, ainda estão vivas.
Aliás, em Paris, há testemunhas da maior parte dos fatos narrados aqui, e que poderiam confirmá-los, se o meu testemunho não for suficiente. Por uma circusntância particular, somente eu podia escrevê-los, pois eu só fui o confidente dos últimos detalhes, sem os quais teria sido impossível a realização de uma narrativa interessante e completa."

O fim do romance:

"Eu não tiro desta narrativa a conclusão de que todas as moças como Marguerite sejam capazes de fazer o que ela fez; longe de lá, mas sei que uma delas tinha tido um amor verdadeiro, que tinha sofrido por causa desse amor e depois morrido. Contei ao leitor o que me tinha dito. Este era o meu dever."



" Bebamos, bebamos deste cálice de alegria, isso reforça a beleza.
Que o fugaz instante , prevaleça sobre a volúpia.
Bebamos aquele doce êxtase que desperta o amor.
O poder do olhar penetrante e apontado direto do coração.
Bebamos ao amor, e nossas bebidas tornarão nossos beijos mais ardentes...
A vida e uma loucura e só o prazer conta
Vamos nos desfrutar, porque o amor queima rápido
Uma flor que floresce e morre
Nunca foi para durar...
E os ris embeleza a noite
Deixe o novo dia nos encontrar neste Paraiso
A vida e celebração
Se você conhece o amor
Não me diga que nunca tive
Este parece ser meu destino."

domingo, 18 de março de 2012

Teus filhos não são teus filhos......

 
Eles são os filhos e filhas do anseio da Vida por si própria.
Ele vêm através de ti, mas não de ti,
E ainda que contigo estejam, não te pertencem.
Tu podes dar-lhes teu amor mas não teus pensamentos,
Pois eles têm seus próprios pensamentos.
Tu podes hospedar seus corpos mas não suas almas,
Pois suas almas moram na casa do amanhã, a qual não podes visitar, nem mesmo em sonhos.
Podes empenhar-te em ser como eles, mas não procure fazê-los como tu és.
Pois a vida não caminha para trás nem delonga-se no ontem.
Sois os arcos dos quais seus filhos como flechas vivas são lançados adiante.
O Arqueiro vê o alvo no caminho do infinito, e Ele vos curva com Sua força para que Suas flechas sigam velozes e para longe.
Deixe que sua curvatura nas mãos do Arqueiro seja para a alegria;
Pois assim como Ele ama a flecha que voa, ama também o arco que é firme.

“O Profeta”
Khalil Gibran


A primeira vez que li esse poema ainda não era mãe, mas percebi que se um dia eu fosse deveria ser assim...
Hoje sou mãe e acredito que eduquei minha filha nesse contexto, sabendo que os filhos são do mundo e não nosso...
Para quem e mãe ver o filho crescer e um misto de orgulho e de tristeza também, porque sabemos que logo logo ele vai abandonar o nosso ninho e voar livre pelo mundo, longe das nossas asas protetoras, mas e da vida, cada um tem que seguir seu caminho, viver sua vida, cometer seus erros e aprender com eles...
Te AMO filha, demais e incondicionalmente hoje e sempre!!
(SolBarreto)


sábado, 10 de março de 2012

Pra Você E....

Outra VezRoberto Carlos


Você foi o maior dos meus casos De todos os abraços O que eu nunca esqueci Você foi, dos amores que eu tive O mais complicado e o mais simples pra mim 
Você foi o melhor dos meus erros A mais estranha história Que alguém já escreveu E é por essas e outras Que a minha saudade faz lembrar De tudo outra vez.... 
Você foi a mentira sincera Brincadeira mais séria que me aconteceu Você foi o caso mais antigo O amor mais amigo que me apareceu 
Das lembranças que eu trago na vida Você é a saudade que eu gosto de ter Só assim sinto você bem perto de mim Outra vez 
Esqueci de tentar te esquecer Resolvi te querer por querer Decidi te lembrar quantas vezes eu tenha vontade Sem nada perder 
Você foi Toda a felicidade Você foi a maldade que só me fez bem Você foi O melhor dos meus planos E o maior dos enganos que eu pude fazer 
Das lembranças que eu trago na vida Você é a saudade que eu gosto de ter Só assim sinto você bem perto de mim
Outra vez...


Sinto falta de te verDo seu sorriso sincero e do som dele,Sinto falta da sua vozDo seu sotaque sulistaSinto falta das nossas conversasE da forma como você via o mundo...Mas do que mais sinto falta é Do amigo que tinha em você Do homem que via, sentia e tinha em você...(SolBarreto)

"Me lembro da 1° vez que nos vimos... Uma tarde gostosa e ensolarado...Sentados no banco, conversando sobre tudo ...Tudo era possível, o mundo era todo nossoUm dia perfeito, um dia inesquecível!"(SolBarreto)