Viver

O processo é sempre o mesmo e resume-se nisto: quem não consegue viver de acordo com a sua forma de pensar corre o risco de que o seu pensamento dê uma volta e se adapte à sua nova forma de viver...
(Paulo Geraldo)

Eu

Eu
Eu decidi há muito tempo nunca andar na sombra de alguém Se eu falhei, se eu fui bem sucedida, pelo menos eu vivi como eu acreditei. Não importa o que levem de mim, eles não podem tirar minha dignidade - Whitney Houston - Greatest Love Of All
Hoje eu saí de casa tão feliz, que nem me lembrei que em algumas horas a tristeza bate, me sacode e me faz sentir dores que eu não imaginava que continuavam ali.

Caio Fernando Abreu

Seguidores

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Quinhentos e vinte e cinco mil e seiscentos minutos





Quinhentos e vinte e cinco mil e seiscentos minutos...

Essa e a duração de um ano...

E o que fazemos com esse tempo...

Como medimos o nosso ano?

Que uso fazemos dele?

Procuramos o melhor em nós mesmos e nos outros ou o pior?

A vida que levamos com certeza é em decorrência das escolhas que fazemos...

Eu espero estar fazendo as melhores escolhas...E você?

Esta fazendo as melhores pra você?

(SolBarreto)







Chronos (em gregoΧρόνοςtransl.Chrónos, "tempo"; em latimChronus) também chamado de Aeon (em gregoΑίων, "eternidade"; em latimAeon), na mitologia grega, era a personificação do tempo eterno e imortal, e governava sobre o destino dos deuses imortais.

Além do nome, a história de Cronos comer seus filhos também era interpretada como uma alegoria de um aspecto específico do tempo, a esfera de influência de Chronos. Chronos representava as características destrutivas de tempo, que consumia todas as coisas, um conceito que foi definitivamente ilustrado quando o rei titã consumiu os deuses do Olimpo - o passado consumindo o futuro, a geração mais velha suprimida pela geração seguinte.

Os gregos antigos tinham três conceitos para o tempo: khrónoskairós e aíônKhrónos refere-se ao tempo cronológico, ou sequencial, que pode ser medido, associado ao movimento linear das coisas terrenas, com um princípio e um fim. Kairós refere-se a um momento indeterminado no tempo, em que algo especial acontece, o tempo da oportunidade. Aíôn já era um tempo sagrado e eterno, sem uma medida precisa, um tempo da criatividade onde as horas não passam cronologicamente, também associado ao movimento circular dos astros, e que na teologia moderna corresponderia ao tempo de Deus.

Fonte:https://pt.wikipedia.org/wiki/Chronos

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Em chamas

No deserto da vida te encontrei...
No sabor do vento me apaixonei,
No calor das chamas nos unimos...
E no fogo nos consumimos.
(SolBarreto) 

Imagem: http://www.deepbeep.com.br/blog/sets-do-burning-man-2014/

OBS: Burning Man 2014, além das queimas finais do boneco-símbolo do festival e do templo, rodou o mundo as imagens da escultura gigante “Embrace”, de dois casais de madeira se amando, em chamas.
Vi essa imagem a primeira vez no https://instagram.com/territory_of_art/ e adorei!

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Faço de mim....



A morada - Forfun

Faço de mim
Casa de sentimentos bons
Onde a má fé não faz morada
E a maldade não se cria

Me cerco de boas intencões
E amigos de nobres corações
Que sopram e abrem portões
Com chave que não se copia

Observo a mim mesmo em silêncio
Porque é nele onde mais e melhor se diz
Me ensino a ser mais tolerante, não julgar ninguém
E com isso ser mais feliz

Sendo aquele que sempre traz amor
Sendo aquele que sempre traz sorrisos
E permanecendo tranquilo aonde for
Paciente, confiante, intuitivo

Faço de mim
Parte do segredo do universo
Junto à todas as outras coisas as quais
Admiro e converso

Preencho meu peito com luz
Alimento o corpo e a alma
Percebo que no não-possuir
Encontram-se a paz e a calma

E sigo por aí viajante
Habitante de um lar sem muros
O passado eu deixei nesse instante
E com ele meus planos futuros
Pra seguir

Sendo aquele que sempre traz amor
Sendo aquele que sempre traz sorrisos
E permanecendo tranquilo aonde for
Paciente, confiante, intuitivo

Link: http://www.vagalume.com.br/forfun/morada.html#ixzz3ZZBedMGK


PS: Obrigada filha por me apresentar a musica!




Observo a mim mesmo em silêncio
Porque é nele onde mais e melhor se diz
Me ensino a ser mais tolerante, não julgar ninguém
E com isso ser mais feliz


sábado, 14 de março de 2015

Os Miseráveis apaixonados...







Porque algumas pessoas amam quem não as ama?
Porque ás vezes escolhemos quem não nos quer?
Porque sofrer por algo que jamais será nosso?
Dizem que o amor verdadeiro é capaz de grandes atos, 
De grandes sacrifícios...Será?
Uma coisa é certa...
Poucos, bem poucos sabem o que é amar de verdade...
(SolBarreto)







      

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Escolhas

" Eu costumava pensar que, quando as pessoas se apaixonavam, elas apenas iam aonde fossem levadas, sem ter qualquer liberdade de escolha a respeito disso depois. Talvez isso seja o caso no começo dos relacionamentos, mas não é o que está acontecendo agora. Eu me apaixonei por ele. Mas não fico com ele de maneira automática, como se não existisse mais ninguém disponível para mim. Fico com ele porque decido fazê-lo todos os dias quando acordo e sempre que brigamos, mentimos um para o outro ou nos desapontamos. Eu escolho continuamente, e ele me escolhe também." 
  Tris em Convergente - Verônica Roth - pagina 371

 
Acredito que para um relacionamento seguir adiante por muitos anos esse seja o ponto, a escolha que fazemos de continuar apesar de todas as dificuldades, defeitos, diferenças... Porque ás vezes o amor esta lá, o respeito também, mas...Ás vezes escolhe desistir, deixar, abandonar...Por ser mais fácil, mais cômodo, mais pratico... Tudo na vida se resume nas escolhas que fazemos e nas consequências que essas escolhas trazem... (SolBarreto)

domingo, 11 de janeiro de 2015

Leo e Bia



Ele disse – Eu não acho!
Ela disse - Não acha o que?
Ele disse - Não acho nada disso!
Ela disse - E o que você acha?
Ele disse - Eu acho que você não quer saber o que eu acho.
Ela disse - Claro que eu quero! Por isso eu chamei você aqui.
Ele disse - Você me chamou ate aqui para me dizer o que você acha.
Ela disse - Você e muito pretensioso sabia!
Ele disse - Sei.
Ela disse - Você ainda não disse o que você acha do que eu falei...
Ele disse - Você não me disse que quer realmente saber o que eu acho.
Ela disse - Não me trate como uma imbecil!!
Ele disse - Não te acho uma imbecil, te acho inteligente!
Ela disse - Então acha que eu implico com você?
Ele disse  -  Eu acho que a sua super proteção passa do limite do saudável.
Ela disse - Quem é você para julgar isso?
Ele disse - Sou a pessoa para quem você perguntou o que eu acho!  




"90% das pessoas fazem parte de uma maioria bovina que tem uma vida triste, na infância sonham com a adolescência, depois com a faculdade, depois com o casamento, depois com os filhos... e depois se convencem que bom mesmo foi a faculdade, mas ótimo mesmo foi a adolescência, ou seja, estamos sempre um passo atrás da felicidade...os outros10% cultivam uma vida normal para que a maioria se conforme, pois não há vaga para todo mundo, o que é lindo, visceral e sofisticado e para pouquíssimos e uma espécie de aristocracia da felicidade. " - filme Leo e Bia

 


 Por descuido ou displicência - Oswaldo Montenegro
 
 E quando a saudade dela for te afligir, Aparece
Quando quiser o seu corpo, mas o meu servir, Aparece
Quando me chamar de bia eu finjo não ouvir, Aparece
Por descuido ou displicência
Para amar em mim aquela que eu não posso ser








quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Escolhas - Cloud Atlas/A viagem

Assisti hoje o filme A viagem/Cloud Atlas um filme longo, mas mesmo assim incrível. É considerado um filme de ficção científica e no entanto é também um filme Espiritualista, pois fala de vida após a morte, de reencarnação, de causa e efeito, do quanto nossas atitudes e palavras afetam a nossa vida e algumas vezes as dos outros.
O filme e baseado no livro de mesmo nome Cloud Atlas de David Mitchell (infelizmente ainda não publicado no Brasil, agora tenho um interesse ainda maior em ler, pois certamente contem detalhes que escaparam no filme). 
PS: Digo Espiritualista, não caracterizando portanto nenhum tipo de filosofia ou religião, porque creio que o autor não tentava classificar sua historia em uma categoria especifica. - (SolBarreto)
Espiritualista: s.m. e s.f. Partidário do espiritualismo. Adj. Relativo ao espiritualismo
Espiritualismo é uma denominação comum a várias doutrinas filosóficas e/ou religiosas, e tem como fundamento básico a afirmação da existência do espírito (ou alma) como elemento primordial da realidade, bem como sua autonomia, independência e primazia sobre a matéria .
O termo espiritualismo, atualmente, é utilizado para denominar uma variedade enorme de religiões, sistemas filosóficos, doutrinas, crenças e seitas. Cada qual apresentando características próprias e regras particulares. Possuindo, em comum, o fato da crença na preponderância do mundo espiritual sobre o mundo material.Todo espírita é necessariamente espiritualista; mas pode o espiritualista não ser um espírita.
Fonte: Wikipédia


Alguns trechos do filme que amei, e que com certeza tornam o livro ainda mais interessante. (pelo menos no meu ponto de vista)

"Ser é ser percebido. E conhecer a si mesmo só é possível através do olhar dos outros, a natureza de nossas vidas imortais é a consequência de nossas palavras e dos atos que são cometidos através dos tempos". 

"Nossa vida não é nossa de fato. Do útero ao túmulo, estamos todos ligados de uma forma ou de outra. Estamos ligados uns aos outros no presente, passado e futuro, e através de ação criminosa  e cada ato de bondade, nos damos vida ao nosso futuro."

"A fé como o medo e o amor é uma força a ser compreendida, como compreendemos a teoria da relatividade e os princípios da incerteza , fenômeno que determina o rumo de nossas vidas. Ontem a minha vida seguia numa direção, hoje ela segue em outra, ontem eu acreditava que nunca faria o que fiz hoje, essas forças que costumam mudar e alterar quem acreditamos ser, começam muito antes de nascermos e continuam após partimos. Nossas vidas e nossas escolhas, assim como as trajetórias quânticas são compreendidas momento a momento, cada ponto de intercessão, cada encontro, sugerem uma nova direção em potencial". 

"Agora eu compreendo que os limites entre barulho e sons são apenas conceitos. Os limites são conceitos, esperando ser transcendidos, podemos transcender qualquer conceito se acreditarmos que isso é possível, em momentos assim eu sinto seu coração batendo como o meu e sei que essa separação é uma ilusão".

" - Existe uma ordem natural neste mundo e aqueles que tentam mudá-la não acabam nada bem...Esse movimento não resistirá, se você se unir a eles, você e sua família inteira serão banidos e você viverá apenas para ser ridicularizado e sofrer e até poderá ser linchado e crucificado e pelo que? Não importa o que você faça, nunca vai parecer muito mais que uma gota no oceano infinito.
 - E o que é um oceano senão uma infinidade de gotas?"