Viver

O processo é sempre o mesmo e resume-se nisto: quem não consegue viver de acordo com a sua forma de pensar corre o risco de que o seu pensamento dê uma volta e se adapte à sua nova forma de viver...
(Paulo Geraldo)

Eu

Eu
Eu decidi há muito tempo nunca andar na sombra de alguém Se eu falhei, se eu fui bem sucedida, pelo menos eu vivi como eu acreditei. Não importa o que levem de mim, eles não podem tirar minha dignidade - Whitney Houston - Greatest Love Of All
Hoje eu saí de casa tão feliz, que nem me lembrei que em algumas horas a tristeza bate, me sacode e me faz sentir dores que eu não imaginava que continuavam ali.

Caio Fernando Abreu

Seguidores

quarta-feira, 21 de julho de 2010

A decisão


Ele disse - A gente não mata um amor simplesmente porque ele nos magoou...

Ela disse - Mas ás vezes a gente tem que matar "ele" para não morrer...

10 comentários:

Suziley disse...

Dura, mas é a verdade. Boa noite, beijos Sol ;)

Ana SS disse...

Legítima defesa?
Quse.

Beatriz Prestes disse...

A dor no amor algumas vezes nos desperta.....
Melhor correr..rsr
Beijo amiga que adoro!
Saudade
Bea

AGENTE FOOSE disse...

O Amor pode nos prender no passado, pode destruir o presente, hipoteca o futuro. Dilacera o coração e deixa cicatrizes profundas. O amor mata aos poucos. Bem devagar... Vai nos fazendo desde o nascimento, um ser dependente. Depois vamos crescendo, sangrando aqui, ali... por todos os lados! E se exigentes, sofremos mais, porque o amor mata!!! Mas sem ele somos seres vazios desde o inicio!!!
Bjs Sol!!!

Ana Cecília Moura disse...

Matar ou morrer... Como permanecer? Como abrir mão? Difícil decisão...

neli araujo disse...

Sol querida,

A cada dia eu tento matar mais um pouquinho este "amor" que ainda arde em meu peito!

Só então, conseguirei amar outra pessoa, sem reservas!

Acho que já estou chegando lá...

beijinhos,

neli

Cria disse...

Criativa por demais !! Beijos.

Fernanda disse...

Doi mais viver sem amar. E como se estivessemos mortos. um bom dia Sol

Alanna disse...

amor que é amor não deveria magoar, né?
mas sendo humanos, nem o amor é perfeito.
como só se tinha duas opções, acho que essa acaba sendo a mais justa mesmo.

[Priscila] disse...

Pois é... essa é a lógica do filme KILL BILL. Matar ou morrer...