Viver

O processo é sempre o mesmo e resume-se nisto: quem não consegue viver de acordo com a sua forma de pensar corre o risco de que o seu pensamento dê uma volta e se adapte à sua nova forma de viver...
(Paulo Geraldo)

Eu

Eu
Eu decidi há muito tempo nunca andar na sombra de alguém Se eu falhei, se eu fui bem sucedida, pelo menos eu vivi como eu acreditei. Não importa o que levem de mim, eles não podem tirar minha dignidade - Whitney Houston - Greatest Love Of All
Hoje eu saí de casa tão feliz, que nem me lembrei que em algumas horas a tristeza bate, me sacode e me faz sentir dores que eu não imaginava que continuavam ali.

Caio Fernando Abreu

Seguidores

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Adeus


Morre-se de muitas maneiras...Mesmo andando pela estrada com olhos de esmeralda partida.
Mesmo com um machado plantado em minha cabeça dividindo-a em partes confusas.
- Ele disse adeus:
em muitas bocas,
com muitas vozes,
com muitos hálitos.
Sopro gelado invadindo a alma
Não sei perder, perdão.
Não consigo acenar enquanto se vai...
Você gostaria que eu lhe acenasse?
Você exultaria se eu ficasse com os olhos cheios de mágoa enquanto escolhe um caminho avesso ao meu?
Gostaria de me apaixonar doentiamente por alguém, mas quando vejo que isso vai acontecer, pinto quadros com figuras estranhas e confusas, somente para sentir medo e fugir.
Sou boa em desculpas, minto pra mim o tempo todo.
A verdade, a verdade mesmo é que nunca, nunca tive coragem de me apaixonar.
Sempre mantive relacionamentos meio de longe, de onde eu pudesse ter controle,
mas as máscaras caem durante o baile.
Caem como gotas de chuva...Como mantê-las?
Minha vida passou, passou tão depressa, sinto que perdi tanto tempo. Ele se esvai rápido.
Não seguro a areia da ampulheta, ela escorre por meu corpo, me queimando como ácido.
Eu esqueço. Tenho tanta facilidade de esquecer pessoas. Uma simples mágoa, e as apago inteiras. Por que sou assim?
Quantos anos eu vou viver? Quantos minutos me restam de sanidade?
E sabe, lá fora está escuro, mas vai amanhecer.
Sabia? Vai amanhecer um dia...
E eu estarei aqui, ainda esquecendo fácil demais.
Ainda esperando um grande amor (mesmo que platônico, mas um grande amor).
"Que não seja imortal posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure".
Acho que passo muito tempo sozinha...
Hoje, quando

me deito pra dormir,
ensaio a morte,
sem sonhar...
Sem sonhar!
*
*

3 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Amei este texto, lindo, lindo...
beijo

Cria disse...

Muito bom teu cantinho, Poeta ! Obrigada por teu carinho. Beijos.

Sonhadora disse...

Minha querida
Maravilhoso poema...Lindo.

Hoje, quando
me deito pra dormir,
ensaio a morte,
sem sonhar...
Sem sonhar!

Muito belo

Beijinhos
Sonhadora