Viver

O processo é sempre o mesmo e resume-se nisto: quem não consegue viver de acordo com a sua forma de pensar corre o risco de que o seu pensamento dê uma volta e se adapte à sua nova forma de viver...
(Paulo Geraldo)

Eu

Eu
Eu decidi há muito tempo nunca andar na sombra de alguém Se eu falhei, se eu fui bem sucedida, pelo menos eu vivi como eu acreditei. Não importa o que levem de mim, eles não podem tirar minha dignidade - Whitney Houston - Greatest Love Of All
Hoje eu saí de casa tão feliz, que nem me lembrei que em algumas horas a tristeza bate, me sacode e me faz sentir dores que eu não imaginava que continuavam ali.

Caio Fernando Abreu

Seguidores

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Gorda sim! Porque não?


Tenho sim um corpo fora dos padrões ditados pela moda atual, sim atual, porque já houve um tempo(antigo é verdade rsrs) onde o gordo era moda, era fashion, era chique, era belo, era status...
Mas hoje me dei conta que apesar de não estar nos padrões, eu tenho um corpo de acordo com a minha alma, sim tão grande como ela, longo, espaçoso, porque sim minha alma é grande assim como meu coração que carrega todos os amigos, que tive, que tenho e que com certeza ainda vou agregar pelo caminho, carrega amores passados vividos e os que ainda estão por vir, carrega afeto e carinho para todos que necessitam...Neste corpo tem uma alma enorme que quer ainda explorar o mundo conhecer tudo e aprender mais ainda...
Uma alma assim creio(rsrs) só iria caber mesmo em um corpo assim!
Não estou aqui fazendo uma apologia a favor da gordura, sei os muitos problemas de saúde a ela ligados...e nem quero com isso dizer que magros não tem também almas enormes (Bem talvez elas estejam esticadas rsrs),brincadeiras e gracinhas a parte só queria mesmo que as pessoas vissem umas as outras alem do externo, que realmente vissem as pessoas como elas são...Independente da aparência externa, porque essa vai embora com o tempo, mas a essência essa fica para sempre!
(Solbarreto)


Creio que depois do texto tem que vir a imagem da cidadã que vos fala aqui rsrs



13 comentários:

Zil Mar disse...

Oi Sol....Parabéns....pelo texto forte e corajoso!

Concordo com tudo o que vc disse....tem que se ver além das aparências....

Bjos....

Zil

Moisés Wesley disse...

Não posso dizer outro coisa, afinal vc falou tudo!

Sol, vc está absolutamente certa!

AGENTE FOOSE disse...

Adorei Sol!

Belo e verdadeiro... como você é! Bjs querida amiga!:-)

Vivian disse...

...Sol querida,
a isso eu chamo de receita convincente
para justificar os quilinhos a mais...rss

vc é uma linda!

bjs de uma gordinha assumida e feliz!

muahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Camila Jornada "Análise do ser" disse...

essência é do íntegro, é de dentro, é de si, é o que nunca vai, é o que sempre fica, porque tudo é pureza... O que acontece é que o meio influencia nessas gordurinhas, mas não muda gens! Muito bem Sol!
Bjão no coração....

Suziley disse...

Oi, Sol querida:
Você é linda amiga querida!! Há uma beleza verdadeira em nós as gordinhas!! Adorei a postagem. Um grande beijo no seu coração, boa noite ;)

Ana SS disse...

Lembrou-me uma postagem...

http://significantess.blogspot.com/2010/07/quanto-voce-existe.html

Fernanda disse...

Gorda, magra, baixa, alta, negra, amarela, branca... que importa? A beleza da alma não tem medida, peso ou cor. Não existe medida suficientemente grande para medir a alma de tão grande que é.
Quando nascemos, vamos crescendo com a convicção de que existe beleza em nós, mas o suporte para crescermos acreditando nisso, pode ser destruturado pelas pessoas que nos rodeiam, por vezes pelas pessoas que nos deveriam dar a certeza, de que independemente da nossa beleza fisica poder fugir às regras impostas pela sociedade, somos dignos de ser admirados e amados. Por vezes, já só depois de nos termos torturado por não representarmos o padrão ideal da beleza, ganhamos coragem de nos aceitarmos e partimos à descoberta de nós mesmos e conseguimos discernir e mostrar o nosso real valor.

Este texto continua no Viajante da Vida e esta dedicado a ti. Com amizade.

G I L B E R T O disse...

Sol

Assino embaixo!

Concordo em genero número e grau!

Ah! E eu sou das turmas dos magrinhos viu!!!!

Lindo texto, mensagem mais bela e fundamental ainda!

Vanessa Souza Moraes disse...

Uma pessoa importante na minha vida me disse da última vez que me viu: espero ter mais o que abraçar quando te ver de novo :)

Liza Leal disse...

Com o tempo e convivencia percebemos q o amor incondicional...verdadeiro, não tem fórmula nem forma exata. Nada disso!

bj, Sol!
.
LiZa

Daniele disse...

Amei seu Blog, amei tudo o que vc tem escrito aqui! Vc ta de parabens!!!!!

SolBarreto disse...

Obrigado Daniele!Isso me deixa feliz...saber que outras pessoas partilham o mesmo pensamento que eu...